Prouni: Saiba como conseguir sua bolsa de estudo

Prouni 2020: Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre o programa de bolsas! Milhões de estudantes brasileiros, todos os anos, terminam o ensino médio com o objetivo de ingressar em uma faculdade. Além de oferecer vagas em instituições públicas de ensino superior, o Ministério da Educação (MEC) também possui um programa que financia cursos não gratuitos e outro que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais em faculdades particulares: o Prouni – Programa Universidade para Todos.

Criado pelo Governo Federal no ano de 2004, o Prouni é um programa gerenciado pelo MEC que busca democratizar o acesso ao ensino superior no país. Para isso, oferece, nos dois semestres do ano, bolsas de 50 e 100% do valor de cursos de faculdades particulares. No decorrer deste artigo vamos apresentar as exigências e como se inscrever no Prouni 2020.

Quem pode fazer inscrição no Prouni 2020?

Notas do Prouni 2020Para realizar a inscrição no Prouni 2020, o estudante brasileiro certamente precisa obedecer a alguns requisitos pré-estabelecidos pelo Ministério da Educação. As exigências vão além da escolaridade e chegam até à renda familiar mensal.

Primeiramente, o candidato precisa ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio do ano anterior ao processo seletivo, ou seja, 2019. Além disso, é necessário ter alcançado nota média igual ou superior a 450 pontos nas provas e ter conquistado mais do que zero na redação.

Visto que cumpriu com a exigência relacionada ao Enem, o participante ainda precisa se enquadrar em pelo menos um dos seguintes requisitos do Prouni 2020:

  • Concluído todos os anos do ensino médio integralmente em escolas da rede pública;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escolas públicas e parcialmente em escolas particulares, contudo, na condição de bolsista integral nestas;
  • Ter concluído todos os anos do ensino médio integralmente em escolas particulares, desde que na condição de bolsista integral nas respectivas instituições, durante todos os anos;
  • Ser pessoa portadora de deficiência;
  • Ser professor efetivo, em pleno exercício do magistério, de escolas da rede pública de ensino, com o objetivo de concorrer a bolsas em cursos de normal superior ou licenciatura;

No caso do último item, no que se refere aos professores, fica dispensada a obrigação de comprovar renda, tanto para bolsas integrais quanto para bolsas parciais.

Qual a renda do Prouni? Veja o valor máximo para bolsas integrais e parciais

Além de cumprir com os requisitos do Prouni 2020 abordados acima, os estudantes ainda precisam se encaixar nas exigências de renda do Prouni, que leva em conta o tipo de bolsa ofertada.

Se o objetivo do estudante for concorrer a uma bolsa integral do Prouni 2020, com benefício de 100% do valor do curso, será necessário comprovar um rendimento familiar bruto mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa.

Por sua vez, se a pretensão for de concorrer a uma bolsa parcial do Prouni 2020, com benefício de 50% do valor do curso, a comprovação do rendimento familiar bruto mensal per capita não poderá exceder 3 salários mínimos.

Como se inscrever no Prouni?

Para concorrer a uma bolsa do Prouni 2020, o estudante precisa ficar atento à abertura dos períodos de inscrição. Sempre entre janeiro e fevereiro o MEC costuma dar início às inscrições do primeiro semestre. Entre o fim de junho e início de julho, são abertas as inscrições para o processo de seleção do segundo semestre, com as mesmas regras do primeiro.

As inscrições para o Prouni 2020 são realizadas exclusivamente via internet, através do site oficial do Programa, no portal do MEC, disponível no endereço http://siteprouni.mec.gov.br/.

Para se inscrever, o estudante precisa inserir o seu número de inscrição e senha do Enem anterior. Em seguida, será necessário conferir alguns dados pessoais (endereço de e-mail, telefone, etc).

Durante a inscrição, cada participante tem o direito de escolher até dois cursos diferentes, em ordem de preferência. Em cada um deles, é necessário indicar o tipo de bolsa (integral ou parcial) e a modalidade de concorrência.

Além da ampla concorrência, também existem as cotas do Prouni 2020, com reserva de bolsas a estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. Algumas instituições ainda informam, na tela de inscrição, se possuem certas políticas de ações afirmativas próprias.

Ao longo de todos os dias do período de inscrição do Prouni 2020, o participante poderá acessar o site e acompanhar sua situação. Sempre que necessário, até o encerramento do prazo, poderão ser alteradas as opções de curso quantas vezes quiser.

Desejamos um excelente aproveitamento no Enem e boa sorte no processo de seleção do Prouni!

Prouni 2020 – Programa Universidade para Todos

Neste artigo vamos falar tudo sobre o Prouni 2020 – Programa Universidade para Todos. Antes de mais nada, para poder participar do programa, o estudante precisa ter participação no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2019.

O Prouni 2020 tem como objetivo conceder bolsas de estudos, certamente em instituições privadas. O programa conta com dois tipos de bolsas, sendo integral e parcial que cobre até 50% do valor da mensalidade. Em seguida vamos ensinar como se inscrever, exigências, resultados e lista de espera.

Exigências para poder participar do Prouni 2020

Imagem Prouni 2020 - Programa Universidade para TodosDuas vezes ao ano, o MEC abre processos seletivos do Prouni 2020. Criado pelo Governo Federal no ano de 2004, o Programa Universidade para Todos vem contribuindo para a democratização do acesso ao ensino superior do país, distribuindo bolsas de estudo em cursos de faculdades particulares a estudantes de baixa renda, oriundos de escolas públicas.

Certamente uma das primeiras exigências é que o estudante tenha concluído o ensino médio. Além disso, o estudante também não poderá ser portador de diploma do ensino superior. Veja todas os requisitos do Prouni 2020. Em primeiro lugar, o estudante precisa ter alcançado média mínima de 450 pontos nas provas do Enem 2019, conquistando nota maior do que zero na redação. Além disso, se identificar a pelo menos um destes requisitos:

  • Tenha cursado o ensino médio em escola de rede pública;
  • Tenha concluído o ensino médio em escola de rede privada, contudo, na condição de bolsista integral;
  • Ser portador de deficiência;
  • Ser professor da rede pública exercendo o magistério da educação básica.

Para estudantes que se apresentarem como professores da rede pública poderá concorrer somente a cursos de Licenciatura e Pedagogia. Visto que os mesmos não precisarão apresentar comprovante de renda.

A seguir vamos apresentar a renda familiar bruta mensal por pessoa, exigida nas bolsas do Prouni 2020:

  • Bolsa integral: Renda familiar de até 1 salário mínimo e meio;
  • Bolsa parcial: Disponível para estudantes com renda de até três salários mínimos.

Como fazer a inscrição para o Prouni 2020?

Para fazer inscrição no Prouni 2020 primeiro semestre, o estudante precisa acessar a página oficial do programa, disponível no portal do MEC, no endereço eletrônico http://prouniportal.mec.gov.br.

No acesso à página, será necessário informar o número de inscrição do Enem 2019 e a senha cadastrada. Aqueles estudantes que não se lembrarem dos dados, poderão recuperá-los com facilidade no próprio site de inscrição.

Ao fazer a inscrição do Prouni 2020, cada candidato terá a chance de escolher até dois cursos diferentes, em ordem de preferência. Em cada um dos cursos, deverá ser indicada a bolsa pretendida, bem como a modalidade de concorrência às vagas.

O Prouni 2020 disponibiliza, além da ampla concorrência, políticas de ações afirmativas. Estas modalidades favorecem estudantes que se autodeclaram pretos, pardos ou indígenas, bem como portadores de deficiência.

Resultado do Prouni 2020

Para consultar o resultado do ProUni 2020, o estudante pode acessar o site oficial do Programa, no portal do MEC. No acesso, é preciso informar o número de inscrição do Enem 2019 e a senha.

No site oficial do Programa também é possível fazer a consulta da lista dos candidatos pré-selecionados, sem informar o número de inscrição ou senha. Para isso, basta clicar na opção “Lista de Selecionados” e, em seguida, informar o nome da instituição, selecionar o local de oferta, o curso, turno, tipo de bolsa e chamada.

Outra maneira de ter acesso ao resultado do Prouni 2020 é através das próprias instituições de ensino. Elas são obrigadas, por edital, a fixar uma lista com os pré-selecionados em locais de fácil acesso. Além disso, as instituições terão que fornecer a informação sempre que solicitada.

Em caso de dúvidas ou reclamações sobre qualquer assunto relacionado ao andamento do processo de seleção do Prouni 2020, a Central de Relacionamento do MEC está disponível através do telefone 0800-616161.

Lista de espera do Prouni 2020

Os candidatos que não foram pré-selecionados nas duas chamadas regulares, ainda têm o direito de manifestar interesse em participar da lista de espera do Prouni 2020. Desse modo, o estudante precisa acessar o boletim do participante e confirmar o interesse em continuar concorrendo à bolsa.

As regras para participar da lista de espera do Prouni 2020 variam de acordo com a opção de curso do candidato. Eventualmente, podem concorrer às vagas em lista de espera para o curso de primeira opção, exclusivamente os participantes não pré-selecionados nas chamadas regulares, bem como aqueles que foram pré-selecionados na segunda opção de curso, mas reprovaram por não formação de turma. Contudo, podem concorrer nos cursos de segunda opção, os candidatos não pré-selecionados nas duas chamadas regulares, sem que tenha havido formação de turma ou não tenham sido ofertadas bolsas na primeira opção de curso.

Documentos para matrícula do Prouni 2020

Notas do Prouni 2020Para os estudantes selecionados, certamente terão um prazo para poder comparecer a instituição para matrícula. Os prazos estabelecidos serão divulgados no edital do Prouni 2020, que deverá esta disponível para visualização na primeira quinzena de janeiro.

É importante que os estudantes entrem em contato com as instituições para consulta referente a horários de funcionamentos e documentos. Contudo, vamos apresentar alguns registros que serão exigidos no ato da matrícula:

  1. Comprovação de renda família;
  2. Documentos pessoais: Identidade RG – Registro Geral, CPF – Cadastro de Pessoa Física e entre outros;
  3. Comprovante de residência;
  4. Certificado de comprovante de conclusão do ensino médio (Histórico)

Conte com nossa torcida e boa sorte! Não esqueça de nos avaliar nas estrelinhas abaixo.