Como funciona o Prouni 2020

Neste artigo vamos explicar como funciona o Prouni 2020 como regras e bolsas de estudos. O Programa Universidade para Todos é uma das principais oportunidades para poder ingressar no ensino superior. O Ministério da Educação – MEC cria parcerias com instituições privadas para que possam distribuir milhões de bolsas para jovens brasileiros. Todavia, vale lembrar que o candidato não poderá ser portador de diploma do ensino superior.

Juntamente com o Prouni 2020 o Ministério da Educação disponibiliza outros tipos de programas, entenda cada um deles:

  • Sisu – Sistema de Seleção Unificada: Disponibiliza vagas em instituições públicas;
  • Fies – Fundo de Financiamento Estudantil: Certamente concede bolsas a juros menores em instituições privadas. Além disso, caso seja selecionado a bolsas parciais de 50% no Prouni, o financiamento cobre o restante dos 50%.

Com o Prouni 2020 o estudante poderá cursar o ensino superior em instituição privada com a mensalidade totalmente arcada pelo Governo Federal ou pagando apenas metade do valor, ou seja, integral ou parcial. Todavia, para isto o estudante precisa atender aos requisitos que vamos apresentar a seguir, contudo, o principal será a participação no Exame Nacional do Ensino Médio – Enem 2019.

Requisitos para participar do Prouni 2020

Imagem como funciona o Prouni 2020Para poder entender como funciona o Prouni 2020, primeiramente tem que saber se poderá fazer as inscrições. A seguir vamos mostrar todos os requisitos necessários para poder se cadastrar do programa:

  • Principais exigências:
  1. Não ser portador de diploma do ensino superior;
  2. Tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem referente ao ano de 2019;
  3. Deverá ter nota média mínima igual ou superior a 450 pontos e pontuação superior a zero na redação.
  • Atenda a pelo menos um destes requisitos:
  1. Ter cursado o ensino médio em escola de rede pública ou rede privada, todavia, na condição de bolsista integral;
  2. Ser portador de deficiência;
  3. Ser professor efetivo da rede pública de ensino. Contudo, concorrerá somente aos cursos de licenciatura.
  • Exigências para as bolsas do Prouni 2020:
  1. Bolsas parciais de 50% mensais: Eventualmente o estudante deverá ter renda renda per capita de até três salários mínimos;
  2. Bolsas integrais, ou seja, 100% mensais: Deverá ter uma renda familiar de até um salário mínimo e meio.

Onde e como fazer as inscrições do Prouni 2020?

As inscrições para o Prouni 2020 tem um prazo curto, normalmente com duração de 4 dias. Por isto, fique atento ao prazo que será divulgado no Diário Oficial da União – DOU através do edital. Certamente o primeiro passo para de cadastrar será acessar o portal do MEC no endereço eletrônico www.siteprouni.mec.gov.br.

Assim que acessar o portal do MEC, basta informar o número de inscrição do Enem 2019 e senha. Caso não se recorde, basta acessar a página do exame informando o número do Cadastro de Pessoa Física – CPF e clicando em esqueci minha senha. Já o número do cadastro estará disponível na página do participante ou até mesmo no cartão de confirmação.

Certamente informando estes dados, automaticamente o Prouni 2020 terá acesso as notas, nome completo, CPF e entre outros dados pessoais. Contudo, o estudante ainda apresentar algumas informações como número de telefone, e-mail, cor/raça, tipo de conclusão do ensino médio entre outras.

Por fim, o estudante poderá informar duas opções de curso, instituição e turno. A pesquisa poderá ser feita por município, instituição ou curso. Ao confirmar inscrição o candidato poderá alterar as opções informadas somente durante o período de cadastro.

No dia seguinte será apresentada uma lista com os pré-selecionados. Contudo, não é considerada como resultado, pois esta lista juntamente com a nota de corte do Prouni 2020 é calculada diariamente. A nota de corte é aquela pontuação média para estar entre os selecionados, onde tem como base o número de inscritos no curso e quantidade de vagas disponibilizada.

Resultado do Prouni 2020

O resultado do Prouni 2020 é divulgado normalmente um dia após o encerramento das inscrições. Vale lembrar que o estudante terá um prazo apresentado pelo MEC para poder se matricular na instituição, caso contrário perderá a bolsa.

Para visualizar o resultado basta informar o número de inscrição do Enem e senha, assim abrirá o boletim do candidato. Eventualmente os não selecionados em nenhuma opção ou selecionado na segunda, poderá manifestar interesse em participar da lista de espera do Prouni 2020, contudo, deverá confirmar presença. Assim, o estudante concorrerá somente a uma bolsa no primeiro curso informado, por isso a importância em informar em ordem de preferência.

Para pontuação média idênticas, o MEC utilizará como critério de desempate aquela pontuação maior tirada na seguinte ordem:

  1. Redação;
  2. Linguagens, códigos e suas tecnologias;
  3. Matemática e suas tecnologias;
  4. Ciências da Natureza e suas tecnologias;
  5. Ciências Humanas e suas tecnologias.

Todavia, algumas instituições têm como critério de desempate a maior nota obtida na área referente ao curso por exemplo: Para estudantes que concorrem a Ciências Contábeis terá como critério a maior de nota em Matemática e suas tecnologias.

Para quem deseja participar do Prouni 2020 e alcançar aquela bolsa tão sonhada, continue acompanhando todas as notícias sobre o programa. Desde já, desejamos boa sorte a todos.

 

1 comentário em “Como funciona o Prouni 2020”

Deixe um comentário